“Job crafting” leva à felicidade no ambiente de trabalho. Já ouviu falar?

Em um mundo em que as pressões e cobranças no ambiente de trabalho são constantes, surge a questão: é possível ser verdadeiramente feliz no trabalho? Essa resposta é: sim, dentro do processo conhecido como job crafting.

De acordo com um relatório da Universidade da Califórnia, um colaborador feliz não apenas produz 31% mais do que um insatisfeito, mas também é três vezes mais criativo. Esses achados sugerem que há um caminho para a felicidade no trabalho, e ele passa pelo que chamamos de “job crafting” ou “elaboração do trabalho”.

Neste artigo, vamos ver aspectos que ajudam a melhorar o ambiente de trabalho e as consequências para os resultados efetivos das empresas.

Job crafting

O termo “job crafting” foi cunhado pela pesquisadora e professora Laurie Santos, da Universidade de Yale. Em uma entrevista à revista Exame, ela explica como essa abordagem visa ajudar os colaboradores a encontrarem propósito e paixão em suas atividades profissionais. O segredo para alcançar a felicidade no trabalho está em duas coisas: conexões significativas e alinhamento com os valores da empresa.

Para Santos, cultivar relacionamentos sólidos no ambiente de trabalho é essencial para manter o equilíbrio entre vida pessoal e profissional. Ter amigos no trabalho não apenas torna o ambiente mais agradável, mas também contribui para o bem-estar emocional e social dos colaboradores. Quando os colaboradores conseguem aplicar os valores da empresa em suas tarefas diárias, experimentam um aumento significativo na satisfação. Isso ocorre porque estão engajados em atividades que ressoam com suas crenças e princípios pessoais.

Valores e cultura que geram impacto nos negócios

A cultura organizacional é um conjunto de valores, crenças, normas, comportamentos e práticas compartilhadas em uma organização. É ela que define como os membros de uma organização interagem entre si e com o ambiente externo.

Uma cultura organizacional forte e saudável pode ser um ativo valioso para uma organização, promovendo a coesão, o comprometimento dos funcionários, a inovação e o desempenho geral. No entanto, também é importante reconhecer que nem sempre a cultura organizacional é positiva — culturas tóxicas podem criar ambientes de trabalho desafiadores, em que a produtividade e o bem-estar dos funcionários são prejudicados.

Em resumo, a cultura organizacional é um elemento fundamental para entender a dinâmica interna de uma organização e sua capacidade de alcançar seus objetivos estratégicos e manter a satisfação e o engajamento dos membros.

Como já mencionado, colaboradores alinhados à cultura organizacional tendem a ser mais felizes e produtivos, pois sabem exatamente o que é esperado deles, como devem se comportar e as regras de crescimento interno nas organizações.  

Investir no “job crafting” pode ser a chave para transformar sua experiência no trabalho. Ao buscar conexões autênticas e alinhar suas atividades com os valores da empresa, você não apenas aumenta sua produtividade e criatividade, como também encontra um sentido mais profundo em suas responsabilidades profissionais. Portanto, não subestime o poder de moldar seu trabalho de acordo com suas necessidades e aspirações pessoais — a felicidade no trabalho está ao alcance de qualquer empresa.

 

Veja também:
Blog Escallo | Revolucione sua área de atendimento ao cliente Eleve a qualidade do seu atendimento com os conteúdos elaborados por nossa equipe de especialistas, estrategicamente projetados para impulsionar o seu atendimento. Acompanhe nossos conteúdos e revolucione seu negócio!

Sumário

Compartilhe

Assine a nossa newsletter.

Receba conteúdos e novidades do nosso blog gratuitamente.
Obrigado(a) por se inscrever em nossa newsletter! 😍
Prometemos enviar apenas o melhor conteúdo e manter você informado(a) sobre as últimas novidades.

Compartilhe

Assine a nossa newsletter.

Receba conteúdos e novidades do nosso blog gratuitamente.
Obrigado(a) por se inscrever em nossa newsletter! 😍
Prometemos enviar apenas o melhor conteúdo e manter você informado(a) sobre as últimas novidades.

Artigos

relacionados

A "síndrome de avestruz" é um fenômeno amplamente reconhecido no mundo profissional, caracterizado pela tendência das pessoas em evitar confrontar situações desconfortáveis e problemas. 
Neste artigo, vamos explorar o papel da competitividade no ambiente de trabalho, destacando como ela pode motivar ou arruinar uma equipe e a importância da liderança na promoção de uma competição saudável.
Sabemos que estar bem preparado no mundo profissional é essencial, e uma maneira poderosa de se destacar é por meio do seu perfil no LinkedIn. Por isso, vamos compartilhar algumas dicas valiosas para otimizar seu currículo e fortalecer sua presença online.