Infodemia: excesso de informação pode prejudicar o trabalho da equipe

A falta de informação tende a comprometer o bom andamento das atividades em uma empresa. Por outro lado, o excesso pode também ocasionar ruídos na comunicação institucional em um fenômeno chamado infodemia.

O mundo digital é campeão na disseminação de notícias, informações e dados, o que aumenta o risco de desencontro e interpretação equivocada. Logo, é preciso estabelecer equilíbrio entre os setores para que todos falem a mesma linguagem.   

Neste post, trazemos o significado do termo infodemia, bem como os impactos que esse comportamento pode causar no ambiente corporativo. Continue lendo e veja como promover uma comunicação mais saudável entre os profissionais da sua empresa!

O que é infodemia?

Trata-se do excesso de informação desencadeado nos anos 2000 a partir do acesso à internet e à proliferação rápida de temas e assuntos específicos. O exemplo mais recente está associado à pandemia de Covid-19, em que o bombardeio de informações causou a disseminação de verdades e inverdades.

A infodemia estimula o crescimento rápido da informação em curto espaço de tempo, dificultando a interpretação e o processamento de ideias. No ambiente digital, o espalhamento acelerado pode provocar uma série de eventos positivos ou negativos, dependendo da forma como as mensagens forem repassadas e recebidas.

Como o excesso de informação pode afetar o ambiente laboral?

De acordo com um estudo online realizado pela Karpersky entre fevereiro e março de 2021, por meio da empresa de pesquisa CORPA em seis países da América Latina, revelou um grande número de pessoas saturadas com tantas informações.

O estudo ainda revela que entre os países Brasil, México, Argentina, Colômbia, Peru e Chile, o povo brasileiro é o que consome mais notícias, e a população mexicana a de menor consumo.

No caso das empresas, a segurança online e a propagação de informação falsa, assim como seu compartilhamento, estão entre os pontos críticos da infodemia. No ambiente de trabalho, a força de uma informação de fonte não confiável pode prejudicar as atividades e até mesmo a imagem da empresa.

Para os profissionais, a informação em massa dificulta a compreensão, pode causar sobrecarga mental e, consequentemente, subdesempenho no trabalho. Como resultado, o desdobramento desse cenário está na queda de produtividade, na perda de eficiência organizacional e de vantagem competitiva.

O que fazer para neutralizar os efeitos negativos da infodemia?

É quase impossível impedir que a informação circule na web, já que vivemos em um país que defende a liberdade de expressão e o direito à manifestação do pensamento. Isso faz com que as pessoas falem, escrevam e compartilhem fatos, reais ou não.

Para blindar a empresa dos malefícios da infodemia, várias ações podem ser adotadas a fim de filtrar as informações que chegam aos setores e funcionários. Trouxemos alguns pontos que merecem atenção!

Estratégias de comunicação

Na comunicação organizacional, as informações devem ser repassadas com clareza e agilidade, além de precisarem ser de fácil entendimento. Em todos os níveis de um negócio é fundamental estabelecer uma linguagem padronizada e institucional, que seja de interesse coletivo e de utilidade para a empresa.

Para manter o diálogo e o nivelamento informacional, tanto o site quanto as redes sociais e os boletins informativos devem ser atualizados regularmente. Dessa forma, na estratégia de comunicação com os colaboradores é preciso manter a proximidade para garantir a compreensão das mensagens enviadas.

Alinhamento do discurso

A informação recebida deve ser a mesma repassada, e isso depende de um discurso institucional bem alinhado. Senso assim, de nada adianta ter um site bonito, redes sociais engajadas, se internamente a comunicação é deficiente, em que cada um entende e reproduz as mensagens de modo diferente.

Uma comunicação discursiva tem o propósito esclarecedor, com tom conciliador que envolve quem fala, para quem fala e sobre o que se fala. A cada mensagem, o discurso deve priorizar a interação com o intuito de transmitir as informações sem que haja distúrbio no entendimento.

Canais oficiais

É imprescindível definir e reconhecer os canais oficiais da empresa como fontes confiáveis de informação. Se todos os comunicados são emitidos via site, e-mail ou chat interno, é importante que nenhum outro canal, salvo exceções, seja usado com esse objetivo.

A comunicação interna é tão importante quanto aquela desenvolvida para interagir com o público da empresa. Se cada canal cumprir seu papel com a efetividade esperada, uma informação incorreta logo será percebida por todos.

Segurança da informação

Os caminhos que produzem e reproduzem as informações devem ser rastreáveis, sobretudo, em situações que comprometem a segurança. Vamos imaginar que, diante de uma informação ou mensagem de conteúdo suspeito, a equipe responsável precisa agir rápido para proteger dispositivos, aplicativos e softwares.

Não importa o formato — textos, vídeos, áudios, blogs, redes sociais, chat —, a infodemia só terá efeito se for alimentada. O bloqueio e filtro das informações que entram na empresa podem ser eficazes com as ações de TI programadas, inclusive para evitar o vazamento de dados.

Vale reforçar que o comportamento humano tem grande relevância para conter os avanços de uma notícia sem fundamento. Pequenos hábitos colaboram para que a infodemia não seja um problema dentro da empresa, como:

  • certificar sobre a confiabilidade da fonte antes de acessar uma informação;
  • estabelecer um paralelo de autenticidade entre o título e o conteúdo;
  • buscar a origem da informação (de onde ou de quem veio);
  • conferir a data de publicação para ter a certeza de ser uma informação atual;
  • notificar sempre que uma informação não parecer confiável.

Por fim, a infodemia é uma erva daninha e um mal que, para ser cortado pela raiz, não deve ser regado. A legitimidade de uma informação vem acompanhada de uma série de elementos que permitem a checagem antes de ser distribuída com colegas do mesmo ou de outros setores. 

Gostou do post? Então, aproveite para assinar a nossa newsletter agora mesmo e ficar por dentro das novidades recebendo conteúdos atualizados direto na sua caixa de entrada!

Veja também:
Blog Escallo | Revolucione sua área de atendimento ao cliente Eleve a qualidade do seu atendimento com os conteúdos elaborados por nossa equipe de especialistas, estrategicamente projetados para impulsionar o seu atendimento. Acompanhe nossos conteúdos e revolucione seu negócio!

Sumário

Compartilhe

Assine a nossa newsletter.

Receba conteúdos e novidades do nosso blog gratuitamente.
Obrigado(a) por se inscrever em nossa newsletter! 😍
Prometemos enviar apenas o melhor conteúdo e manter você informado(a) sobre as últimas novidades.

Compartilhe

Assine a nossa newsletter.

Receba conteúdos e novidades do nosso blog gratuitamente.
Obrigado(a) por se inscrever em nossa newsletter! 😍
Prometemos enviar apenas o melhor conteúdo e manter você informado(a) sobre as últimas novidades.

Artigos

relacionados

Veja, neste post, quais são os benefícios de ter um setor comercial estruturado e preparado para lidar com as dores e necessidades do cliente com o objetivo de conquistar sua confiança e gerar resultados positivos para a empresa!
Veja, neste post, como anda o mercado de tecnologia da informação e o que fazer para atrair, formar e reter os melhores talentos da sua empresa!