Como o feedback positivo pode motivar e trazer mais resultados

O feedback é uma das mais importantes ferramentas de gestão e deve ser usado de modo regular como fator motivacional nas empresas. Oferecer ou receber feedback, especialmente o feedback positivo, contribui para a melhora da comunicação, além de oportunizar a análise de atitudes e comportamentos.

É um momento de rever conceitos e reavaliar o modo de atuação a partir do que a empresa espera da postura e entrega profissional. Essa é uma prática no ambiente de trabalho que pode ajudar no alinhamento da cultura organizacional e auxiliar no desenvolvimento da carreira.

Neste post, trazemos o conceito do feedback positivo e sua importância para a construção de um ambiente saudável e colaborativo. Continue lendo e veja como estruturar o processo para que os retornos sejam fundamentados e eficientes!

O que é feedback positivo?

É o processo de retorno que evidencia de modo afirmativo as qualidades e comportamentos de um colaborador dentro da empresa. O momento é de destaque, sobretudo, em relação ao bom desempenho e alcance de metas e resultados.

A ideia é enaltecer e elogiar, incentivando o profissional a se manter no caminho da evolução e crescimento. O feedback positivo funciona como agente motivacional e fortalece o vínculo e o compromisso de trabalho para além das obrigações previstas em contrato.

Caso exista algum ponto que possa ser melhorado, nesse tipo de feedback as considerações são apresentadas sem, contudo, desmerecer as conquistas.

O que é feedback negativo?

Na contramão do feedback positivo está a versão negativa, que tem a difícil missão de chamar a atenção para condutas consideradas inadequadas no ambiente de trabalho.

Em muitos casos, os pequenos avisos anteriores não surtiram o efeito desejado e é preciso estruturar um retorno com base em tudo o que o profissional deixa a desejar.

Esse é um tipo de feedback mais complexo, que pode desencadear mágoas e subdesempenho, caso não seja dado ou absorvido da forma correta. O responsável pelos apontamentos deve deixar clara a intenção de melhoria, estimulando a reflexão e oferecendo ajuda para ajustar o que não está funcionando.

Qual a importância do feedback para empresa e colaboradores?

Sabemos que, no mundo empresarial, os profissionais que ocupam cargos e desempenham funções são pessoas com modo de ser e de agir distintos. Quando reunidos em um mesmo espaço e para um propósito em comum, precisam deixar de lado as diferenças pessoais e concentrar os esforços em atingir o objetivo.

Tanto o feedback positivo quanto o negativo são maneiras de alinhar a cultura da empresa e unificar o comportamento, a fim de obter uma estrutura mais homogênea, porém, respeitando a individualidade de cada pessoa.

As oportunidades de desenvolvimento e crescimento são para todos, no entanto, nem todos conseguem alcançar bons resultados. O feedback serve para mostrar que alguns seguem à frente, mas que com a mudança de postura é possível melhorar e estar no grupo de destaque.

De modo geral, o feedback positivo fortalece e aprimora o conceito das soft skills, bem como estimula o aproveitamento das mad skills. Como aliado da gestão, o processo abarca diferentes aspectos para realinhar a trajetória profissional, identificar os pontos fracos e fortes.

É como se o feedback tivesse o poder de pegar alguns membros de uma equipe, restabelecer a rota e traçar o caminho de volta aos trilhos. Uma das vantagens do feedback positivo é que os bons profissionais conseguem enxergar a valorização da empresa e se sentem ainda mais pertencentes.

Assim, cada um entende o seu papel, onde pode fortalecer e quais são os pontos a melhorar para ter a chance de ser o primeiro nome da lista em uma oportunidade de crescer na carreira.

Benefícios do feedback positivo

Mais do que o lado otimista da abordagem, um bom feedback traz maior direcionamento das atividades e importância do trabalho em si. O colaborador entende o quanto a sua contribuição influencia nos resultados e na posição da empresa no mercado.

Levando em conta o trabalho coletivo e que cada um é responsável por uma parcela do que a empresa apresenta de desempenho, podemos afirmar que o feedback age como um plus de performance empresarial.

Do ponto de vista corporativo, apesar de a maioria dos feedbacks ser individual, o retorno positivo deixa um colaborador satisfeito e mais proativo. Isso faz com que sua alegria contagie o resto da equipe e, assim, dentro de uma filosofia colaborativa, todos passam a desempenhar melhor suas funções para também receberem um feedback positivo.

Uma empresa acima da média é formada por um time fora de série, que faz das diferenças seu maior trunfo, usando a diversidade de comportamento e ideais para somar em vez de subtrair.

Importante reforçar que uma empresa que observa e supre as necessidades de seus colaboradores terá mais êxito no comprometimento e nas entregas.

Como implementar o feedback positivo na sua empresa?

Os feedbacks são sempre bem-vindos, mas engana-se quem pensa que é só levantar os aspectos positivos, agendar um horário com o colaborador e dar um retorno. É preciso estruturar a ação para que a aplicação encontre seu principal objetivo, que é continuar melhorando a performance do negócio. Veja as etapas de um bom feedback positivo!

Planejamento do retorno

A preparação para dizer a um colaborador o quanto a empresa está satisfeita com seu desempenho deve obedecer a um roteiro. É importante que o profissional saiba quais foram os aspectos que o levaram a uma posição de destaque e que esse não deve ser um motivo para inflar o ego, mas continuar com seu bom serviço.

Por outro lado, o feedback positivo pode instigar sentimentos negativos naqueles que não receberam um retorno favorável. O ideal é programar um período para aplicar feedbacks individualizados, tanto positivos quanto negativos, e focar na melhoria.

Escuta ativa para os colaboradores

Uma vez exposta a percepção da empresa sobre o comportamento e desempenho de um colaborador, permitir que ele fale sobre como recebeu o retorno deixa o ambiente mais agradável e leve.

Pode ser que ele somente agradeça, prometendo mais empenho, ou cite situações e pessoas que colaboraram para seu feedback positivo. De todo modo, o feedback é ferramenta de construção, consolidação e reparos.

Clareza e a objetividade

Nada de rodeios ao oferecer feedback: vá direto ao ponto, seja claro e objetivo ao demonstrar o contentamento da empresa com o desempenho do profissional. Concentre o retorno nos pontos mais importantes e principais para que a reunião não se prolongue mais do que o necessário e se torne cansativa.

Suporte e disponibilidade

O fato de o colaborador estar no caminho certo não quer dizer que ele não precise de suporte da empresa. É importante dar o feedback, enaltecer os elementos positivos, mas, acima de tudo, manifestar a disponibilidade da gestão e da empresa para manter o nível e não deixar cair a produtividade.

O feedback positivo faz parte da gestão de pessoas e pode ser usado sem moderação, desde que as intenções da empresa sejam sempre de aprimoramento, motivação e crescimento individual e coletivo.

Se você gostou deste post, aproveite para ler mais um conteúdo, dessa vez sobre o conceito de mad skills e como usar essas habilidades acima da média no crescimento profissional!

Veja também:
Blog Escallo | Revolucione sua área de atendimento ao cliente Eleve a qualidade do seu atendimento com os conteúdos elaborados por nossa equipe de especialistas, estrategicamente projetados para impulsionar o seu atendimento. Acompanhe nossos conteúdos e revolucione seu negócio!

Sumário

Compartilhe

Assine a nossa newsletter.

Receba conteúdos e novidades do nosso blog gratuitamente.
Obrigado(a) por se inscrever em nossa newsletter! 😍
Prometemos enviar apenas o melhor conteúdo e manter você informado(a) sobre as últimas novidades.

Compartilhe

Assine a nossa newsletter.

Receba conteúdos e novidades do nosso blog gratuitamente.
Obrigado(a) por se inscrever em nossa newsletter! 😍
Prometemos enviar apenas o melhor conteúdo e manter você informado(a) sobre as últimas novidades.

Artigos

relacionados

A responsabilidade social corporativa tem como objetivo estabelecer uma conduta de transparência, honestidade e simplicidade diante da sociedade ao redor da empresa. Veja, neste post, os impactos da RSE no atendimento ao cliente!
Quer saber como a empatia no atendimento ao cliente é importante, como e por que usá-la? Então, clique e comece a leitura deste artigo!
As mad skills são habilidades acima da média usadas na vida pessoal como hobby e promoção da satisfação e bem-estar. Veja, neste post, como aproveitar essas características para melhorar o desempenho na empresa e favorecer o crescimento profissional!
Quer saber como a empatia no atendimento ao cliente é importante, como e por que usá-la? Então, clique e comece a leitura deste artigo!
Você sabe o que é infodemia? Confira, neste post, como o excesso de informação pode prejudicar a comunicação institucional e até mesmo a imagem da empresa, e veja o que fazer para evitar suas consequências.